Gordinha Safada Ama Porra 3

36 segs

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

visualizações

36 segs

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

Gordinha Safada Ama Porra 3

Gordinha Safada Ama Porra 3

Durante toda a viagem, não me continha de curiosidade e tesão. A empregada gostosa gemia alto, mas bem alto mesmo, não demorou muito para meu pai chegar na porta e perguntar o que estava acontecendo, eu falei que estava tudo bem, ele se retirou, então eu levei ela para o banheiro e continuamos a foder ali.

Nossa eu nao sabia onde ia por todo aquele tesão que me consumiu no momento, cheguei em casa e tive que tocar uma punheta pensando na proxima aventura com minha gordinha sapka. Ela gritava dizendo que era uma puta muito safada.

Ela dava um belo trato no cacete dele, engolia ele quase todo, deveria ter uns 18 cm, lambia a cabeçinha dele, e chupava com a ajuda da mão numa punheta boquet deliciosa que logo resultou no gozo, jorrando jatos de porra na sua boquinha.

Me virei e ele gritou do quarto “Ah velho eu não vou aguentar não! Vo acabar batendo uma!” Então disse á ele para vir comigo pra garantir. Após trepar a tarde toda no apartamento dele resolvi ir para casa exausta, porém muito feliz. "Então nossa amigo sai do banho, abrindo a porta a primeira visão é de uma bundinha arrebitada rebolando na sua frente, ele olha pra mim como que pede permissão e cai de boca no cuzinho dela, ela começa a gemer mais alto e rebolar mais. Ela teve uma educação muito religiosa, aquilo foi demais para ela, e apesar do prazer, depois veio a culpa. Achei um puta tesão, mas foi so uma experiência, entendeu? Você é casado e eu não estou a fim de confusão.

Gemia dizendo “que cuzão gordo delicioso. Infelizmente, pela posição que estávamos e por eu ser totalmente virgem pelos fundos, ele não conseguiu grandes progressos e ficou ali só me sarrando e aproveitando a cadência da minha foda com Scheila. Fui pra casa e vida normal, cumprimentando o corno sempre que via e ela sempre baixando a cabeça como do início como se estivesse envergonhada.