Putaria Brasileira Deliciosa Safadinha Arrombando O Cú Com Namorado Em Rio Das Ostras

3 mins

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

3 mins

Categoria:

Tag: , , ,

Putaria Brasileira Deliciosa Safadinha Arrombando O Cú Com Namorado Em Rio Das Ostras

Putaria Brasileira Deliciosa Safadinha Arrombando O Cú Com Namorado Em Rio Das Ostras

Mãiiinha levou uns bons 15 minutos até conseguir se habituar com aquele pau do gringo arrombando seu cú, até lá ´mãiiinha soluçava e berrou em desespero” aiiiiiii… nãaaaaaao seu filho da puta páaaaaaaaaara … você vai me rasgar toda… ” Mas depois que o gringo conseguiu atolar seu pau todo até ás bolas no cúzão de minha mãiiiinha ela passou isso sim a pedir pau gritando ” VAIIIIIII SEU GRINGO DA MERDA QUER ME FODER ENTÃO VAI E ENFIA LOGO SEU PAU TODO EM MIM AIIIIIIIIIIIII … FAZ…. Quando Douglas chegou fingi surpresa e o convidei para entrar notei que ele me devorou com os olhos me fiz de desentendida quando disse que havia ido buscar os jogos e o chamei para ir até o quarto do meu filho para que ele me mostrasse qual seria.

E numa dessas baladas comentaram de ir no Carnaval em uma balada GLS aqui de São Paulo, daquelas com dark room e que rola umas putarias de vez enquanto.

Morávamos em uma grande capital brasileira, em um apartamento de 50 metros quadrados e para meu desespero minha filha ganhou um poodle macho de presente, cachorro já da trabalho, imaginem dentro de um apartamento.

Foi então que com facilidade a cabeça deslizou para dentro, a safadinha já estava toda molhada.

"Ele se deita e pede pra continuar a chuparEla voltou a chupar o pau dele e ele gozou em sua boca, rosto, seios…Depois disso fomos relaxar na banheira, os três, conversamos rimos , brincamos por um tempo Depois voltamos para a cama retomamos as caricias, beijos, toques a excitação voltou fiquei de pé na cama enquanto ela fazia uma das suas especialidades, um delicioso boquete, de joelhos na cama fodia meu pau com aqueles lábios quentes e aquela boca deliciosa, enquanto nosso amigo acariciava suas costas, beijava sua nuca. Sempre gostei “daquilo”, tive uma educação normal e não castradora, ao contrário de algumas amigas de minha idade, mas nunca fui promiscua, tanto que o Júlio foi o 5º homem com quem fiz sexo, ou seja, sempre transei só com namorados, exceto uma única vez que conheci um cara em uma viagem e rolou naturalmente, porém para mim não foi uma boa experiência, e isso tudo antes de conhecer meu marido, e diga-se de passagem que eu nunca o trai.